Salmão assado com ervas

Olá pessoas, como foram de carnaval?

O meu foi carnafood, várias comidinhas, pouca festa e descanso.

E o consumo de frutos do mar como anda? nem 1 vez por semana contando o final de semana? só frito? Repense, pois os frutos do mar são proteínas saudáveis, mais magras (claro, se você não comê-los fritos), de fácil acesso para quem mora em cidades com praia e preparo sem mistério.

Frutos do mar frescos são meus preferidos, até pela disponibilidade no mercado público de Florianópolis e outras peixarias. Os congelados, principalmente os camarões, costumam perder muito líquido no cozimento, mas carnes como a de siri, marisco, lula e alguns tipos de filé de peixe (abrótea, pescada, linguado) não perdem tanto líquido.

Outra orientação é evitar o descongelamento dos frutos do mar sob imersão direta em água, isso vai fazer com que você perca nutrientes, textura, sabor e aumente o risco de contaminação. Faço o descongelamento sob refrigeração de preferência.

Também é importante ter atenção na hora de escolher os frutos do mar: observe se estão bem refrigerados, com carne de textura firme, olhos dos peixes brilhantes, guelras vermelhas, odor característico, data de validade e etc…

Sobre o salmão, ele é um peixe um pouco mais gorduroso e apesar da gordura boa é legal utilizar modos de preparo que não necessitem de mais gordura: assado, grelhado na chapa, crú ou como tartar/ceviche entre outras preparações são algumas opções. Sobre a textura de cozimento, opte por deixá-lo o mais suculento possível, ou seja, pouco tempo de forno.

IMG_20130209_221623

Para esta receita você vai precisar:

  • 1kg de salmão fresco (pode ser congelado)
  • 1 cebola roxa pequena picadinha
  • 1 pimenta dedo de moça (com ou sem sementes, a gosto)
  • 1 ramo de endro/aneto/dill picadinho (opcional)
  • 1 colher de sopa de gengibre ralado
  • 3 colheres de cebolinha verde
  • Suco e raspas de 1 limão siciliano grande
  • 1 colher de cafezinho de óleo de gergelim (opcional)
  • Sal marinho a gosto

Modo de preparo

  1. Cortar todos os ingredientes e ir colocando num recipiente único.
  2. Fazer as raspas do limão e espremer seu suco no mesmo recipiente.
  3. Misturar bem todos os ingredientes.
  4. Dispor o salmão em uma assadeira, de preferência uma anti aderente, mas também pode ser um marinex.
  5. Salgar o salmão a gosto.
  6. Regar o salmão com a mistura de temperos formando uma crosta de temperos.
  7. Assar em forno pré aquecido a 200°C por aproximadamente 20 -25 minutos, textura suculenta.
  8. Se possível aguardar 30 minutos antes de assar para que os sabores penetrem no peixe.

Sugestões

Você pode variar os ingredientes aromáticos, eu utilizei os disponíveis em casa. Pode adicionar alho poró, pápricas, salsinha, alecrim e etc.

Se sobrar salmão você pode fazer lascas e comer com salada, fazer uma pasta e comer com sanduíche integral.

Bom apetite!

Panqueca de Beterraba

Se me perguntarem um prato que me lembre a infância eu vou responder: PANQUECAS!

Vamos a versatilidade dessa delícia: massa fácil, combina com uma infinidade de recheios que variam do doce ao salgado (servindo como prato principal ou sobremesa), além de poder ser enrolada/dobrada de diversar formas.

Então, esse amor por panquecas me fez pensar em uma forma de torná-las mais saudáveis e divertidas, principalmente para as crianças, e como somos eternas crianças… (risos).

Essa receita é sem glúten e lactose, fica super levinha e parece que vai desandar, mas fiquem tranquilos, prometo que vai dar certo, ao menos aqui sempre dá! Se não quiserem fazer eu as vendo congeladas e no próximo post vou falar sobre minha pequena produção de congelados e alguns outros serviços.

Escolhi a massa de beterraba, mas você pode usar a imaginação e utilizar espinafre, brócolis, cenoura, abóbora e uma infinidade de legumes/verduras/hortaliças para colorir e enriquecer de nutrientes. Para as crianças você pode dizer que é a panqueca das princesas, da Barbie, do Patrick do Bob Esponja, do Barney da Dinsey Channel e por aí vai… Outra sugestão é  caprichar no recheio, se for fazer de carne, que tal colocar alho poró, cenoura ralada ou até mesmo os dois juntos?

Para esta receita você vai precisar (12 unidades)

  • 1 beterraba de aproximadamente 100 – 120g (já descascada, se possível orgânica)
  • 60g de amido de milho (aproximadamente 4 colheres de sopa bem cheias)
  • 1 xícara de farinha de arroz
  • 2 1/2 xícaras de água
  • 5 colheres de sopa de linhaça (marrom ou dourada)
  • 2 ovos caipiras
  • 5 colheres de sopa de óleo
  • Sal marinho a gosto

Modo de preparo

Liquidificar inicialmente os ovos + a água + a linhaça + o óleo + a beterraba até ficar bem homogêneo (em torno de 3 minutos).

Depois adicionar as farinhas e o sal e bater novamente.

A massa não fica grossa (as vezes é preciso colocar um pouquinho mais de água se a massa ficar muito grossa, principalmente por causa da beterraba).

Untar uma panquequeira com papel toalha ou pincel e aquecer, fazer cada panqueca adicionando aproximadamente 1 concha de massa.

Rechear com o sabor que desejar.

Sugestões

Fazer o teste da primeira panqueca com menos massa, não desperdice, as vezes é necessário adicionar mais água ou farinhas pra deixar no ponto.

Você pode congelar as panquecas já recheadas e também somente a massa, não se esqueça de colocar papel manteiga entre as massas para evitar que gruem umas nas outras.

Me contem se deu certo?

Bom apetite!