Bolo integral de especiarias com bananas orgânicas carameladas #semglúten&lactose

Oi, tudo bem?

Desculpem a ausência de postagens, mas estou na correria.

Antes de mais nada, vocês ainda não curtiram a página da Funcional Gourmet no facebook?? cliquem no link e curtam para ficar por dentro das nossas novidades https://www.facebook.com/Funcionalgourmet?fref=ts 😉

Sobre esse bolo, banana é algo que sempre se encontra na casa das pessoas, fora que eu adoro. Esse foi feito e adaptado para provar que o açúcar demerara também faz caramelo, pois uma colega não estava acreditando pelo fato de ele ser granuladinho. Acho que fica ainda mais caramelo que o outro, lindo, lindo!!!

Como já vai o caramelo e bananas na receita eu uso menos açúcar na massa do bolo e acho gostoso colocar especiarias para deixar bem aromático e saboroso.

Vamos testar? se fizerem e postarem fotos me marquem @andrenutrichef

988644_600170970014202_234915997_n

Para a massa você vai precisar

  • 2 xícara de farinha de arroz integral orgânica
  • ½ xícara de óleo ou 1/2 de manteiga ghee
  • 3 ovos orgânicos
  • 1 xícara de água mineral ou suco de alguma fruta que goste
  • 1 xícara de açúcar demerara (pode até usar menos ou use o adoçante do seu gosto)
  • 5 colheres de sopa de linchia (linhaça + chia misturadas)
  • 1 colher de sopa de fermento
  • 1 colher de cafezinho cheia de canela
  • 1 colher de sopa de raspas de limão
  • 1 colher de sobremesa de gengibre ralado
  • 1 pitada de noz moscada
  • 1 pitada de cravo

Para o caramelo você vai precisar

Aqui vai depender da sua forma e tamanho das bananas

  • 6 colheres de sopa de açúcar demerara
  • 3 colheres de sopa de água
  • 5 bananas caturra orgânicas (acho a melhor pra doce)

Modo de preparo

Coloque o açúcar e a água na forma e aquecer diretamente na chama média/baixa do fogão até formar um caramelo, use uma espátula para ajudar nesse processo e depois unte (lambuze) a forma com auxílio desta espátula.

Corte as bananas ao meio e forre a forma, assim ó:

foto (6)

Bater no liquidificador os ovos, o açúcar, o óleo/manteiga, água/suco e a linhaça com a chia por 3 minutos.

Misturar a farinhas com as especiarias.

Despejar a mistura do liquidificador no recipiente da farinha. Misturar bem.

Adicionar o fermento e misturar suavemente.

Despejar sobre as bananas cuidadosamente.

Assar em uma forma untada e enfarinhada em forno pré-aquecido 180°C por aproximadamente 45 minutos a 1 hora  (fazer o teste do palito).

Bom apetite!

Pizza no pão sírio integral

Que pizza é uma delícia todo mundo já sabe. Pra muitas famílias/pessoas domingo é o dia da pizza.

Uma coisa legal é que já é possível encontrar pizzarias trabalhando com opções de massa integral e sem glúten. Além disso, para aqueles que não querem extrapolar existem diversos recheios que são mais saudáveis e deliciosos. Dentre eles estão a de rúcula com tomate seco, os que levam berinjela e abobrinha, a de escarola, a marguerita, ente tantos outros.

Se formos procurar/analisar massas de pizza no supermercad vamos encontrar gordura trans na mioria das massas, além de serem massudas e feitas só com farinha branca. Se eu não me engano há somente 1 opção que não leva trans. Como eu prefiro a massa mais fina e crocante acho legal utilizar pão sírio integral como base pra pizza, tem até a opção de pão sírio integral com grãos, todos ficam saborosos.

Antes da receita da pizza acho legal lembrar do molho de tomate, um importante aliado para deixar sua preparação mais saborosa. Vai dizer que você já tava pensando naqueles prontos? Não, por favor!!! Vou ensinar uma receita bem prática pra deixar sua pizza mais saborosa e saudável.

Molho de tomate rápidão

  • 1 lata de tomate pelado
  • 1 cebola pequena (opcional)
  • 2 dentes de alho
  • Sal
  • Pimenta
  • Tomilho ou orégano/alho poro/ louro e manjericão fresco a gosto
  • 2 colher de azeite de oliva

Modo de preparo

Bater os tomates, a cebola e o alho no liquidificador com um pouquinho de água.

Se desejar acrescentar 1 colher de cafezinho de açúcar e um punhado de alho poro, tomilho ou orégano e bater junto.

Aquecer 1 colher de sopa de azeite de oliva e despejar o que foi liquidificado na panela.

Deixar a panela em fogo médio até que reduza e fique mais grosso (em torno de 10 -15 minutos).

Por fim, adicionar sal marinho, a outra colher de azeite de oliva, pimenta e manjericão fresco picadinho.

Sugestão

Você pode picar todos os ingredientes e deixar o molho com pedacinhos de cebola, alho e etc. fica mais bonito, proém demora mais.

Para a pizza marguerita (1 unidade)

  • 1 unidade (disco) de pão sírio integral
  • 4 colheres de sopa de molho de tomate rapidão
  • 2 fatias de queijo mussarela ou mussarela de búfala ou queijo minas frescal
  • 7 a 8 tomates cereja cortados ao meio previameamente temperados com sal, pimenta, azeite e ervas (tomilho, orégano)
  • Quando achar suficiente de folhas de manjericão fresco
  • Orégano a gosto

Modo de preparo

Pré aqueça o forno a 150°C.

Coloque o pão sírio numa forma e leve-os para o forno por 5 minutos.

Retire os pão do forno, coloque o molho de tomates, o queijo, o tomate e o orégano e leve ao forno a 180°C por aproximadamente 10 minutos.

Depois de assada, retirar do forno e polvilhar as folhas de manjericão por cima.

Sugestões

Aconselho você a comer sua pizza com uma mix de verdes/cenoura ralada e colocar um pouco de azeite de oliva por cima, se tiver azeite de alho fica uma delícia. Pode também polvilhar sementes de chia ou linhaça por cima da salada.

Bom apetite!

Arroz integral e arroz vermelho

Eu gosto muito do arroz nos tipos integral e vermelho, acho super saborosos e possuem muito mais fibras, vitaminas (principalmente as do complexo B) e minerais. O famoso prato brasileiro arroz + feijão, que forma uma proteína completa, fica mais saboroso e nutritivo quando consumido com estes tipos de arroz.

Você encontra o arroz integral em duas formas: agulhinha e cateto. Particularmente prefiro o cateto, é mais fácil de cozinhar e mais bonitinho, porque me lembra o arroz arbóreo utilizado pra fazer risotos. Seu sabor é suave e pode ser combinado com todos os tipos de pratos.

O arroz vermelho também é encontrado nestas duas formas e é considerado um tipo de arroz integral, além de possuir os mesmos benefícios. Ele cozinha um pouco mais rápido e seu gosto é mais característico, tem um toque amendoado. Combina muito bem com frutos do mar e carnes brancas em geral, serve para fazer saladas e uma sugestão para quem não não está acostumado com seu sabor é misturá-lo com o próprio arroz integral.

Como eu utilizo estes tipos de arroz na produção dos meus congelados e também os indico nos cardápios semanais, alguns clientes me questionam quanto ao cozimento. Alguns até me perguntaram se teriam de cozinhá-los na panela de pressão como mostram algumas receitas aqui na internet.

Nada disso, é bem mais fácil do que vocês pensam, vou ensinar como preparar estas delícias sem trabalho. Lembro que vocês podem cozinhar uma quantidade maior e manter refrigerada por até 3 dias, consumindo no decorrer da semana ou até mesmo congelar porcionado e consumir quando desejado.

Para o arroz integral cateto (2 pessoas)

1 xícara de arroz integral cateto

3 xícaras de água em temperatura ambiente

1 colher de cafezinho rasa de sal (não precisa usar tanto, pois ele salga mais que o normal)

Temperos a gosto (cebola, alho, louro, tomilho…)

Modo de preparo

Se for usar temperos (cebola, alho) frigir com 1 colher de sopa de óleo antes de adicionar o arroz iniciando pela cebola e em seguida o alho (mas não é necessário, somente se você quiser agregar mais sabor e aumentar a quantidade de nutrientes).

Colocar o arroz, o sal e a água.

Ligar o fogo na boca maior (não tripla) e cozinhar em fogo alto com a tampa fechada até que a água seque (em torno de 35 minutos).

Verificar a textura do arroz, caso queira que ele fique mais macio, manter a tampa da panela fechada por no mínimo 10 minutos

Para o arroz vermelho

O que muda é a quantidade de água, geralmente cozinho da mesma forma utilizando 2 1/2 xícaras e todo o processo é idêntico.

Uma foto de um dos pratos que eu produzo com arroz integral

Arroz integral com camarões a baiana

Divirtam-se na cozinha.